Esta criança,
não está aí,
é apenas um ângulo,
o ângulo que há-de vir,
e não há ângulos...

Ora este mundo do pai-mãe é precisamente o que tem de desaparecer,
é este mundo duplicado-duplo,
em estado de desunião constante,
com vontade de unificação constante também...

em torno do qual gira todo o sistema deste mundo,
malignamente sustentado pela mais lúgubre organização.

Antonin Artaud

2 comentários:

Jr Punketone disse...

concordo em gênero, número e grau de parentesco.

BruBru!!! disse...

tem, uma hora tem que desaparecer. durante um loooongo período. Qdo tardar sem ser tarde, tudo volta a ser como antes. mas de maneira diferente pelo período do aprendizado.

bjo tchau!